Tags

1275043_10200417382102390_197030363_o

Algumas pessoas logo que entram no blog, ou que me conhecem através dele perguntam, porque “Homúnculo”? E o que é isso? A resposta era simples, homúnculo é um ser criado por alquimistas, um ser pequeno, sem peso, sem sexo e sem muitas características definidas. Um híbrido. e eu me achava nesses aspectos, talvez por querer me preservar.

Mas acontece que entre os meios e os finos traços que marcam o meu caminho, 2013 tem se provado um ano a quem de pensamentos e reflexões. Não falo que este tem sido um ano de altos e baixos, talvez tivesse seus momentos, mas dentro de um gráfico, posso analisar 2013 como um ano de muitos erros e poucos acertos. E sei que sou o único responsável por isso, estou vendo que a minha colheita esse ano está ruim, pois plantei as sementes erradas, muito do que fiz só me afastaram das pessoas que eu gosto. Hoje, volto a ficar recluso com meus livros, pensamentos e sozinho. Se me perguntassem a pouco menos de três anos atrás, eu diria que este era o meu propósito de alegria, de felicidade. Mas assim como qualquer estudo ou conceitos, eles mudam e eu mudei.

“Lembre-se da primeira vez que você enfrentou a escuridão
Por que você estava com tanto medo?
Escondendo tantos segredos dentro de você
Quando o medo tinha que ser domado

Eu prometo que ainda estarei lá
Para cumprir minha promessa
Eu ainda estarei lá

Proteger os sonhos à noite
e seguir você durante o dia
Você derrubou as portas, mas eu estou bem atrás
onde ainda há sombras

Eu prometo que ainda estarei lá
Para cumprir minha promessa
Eu ainda estarei lá

Não me pergunte por que nós seremos como irmãos
Patinando no gelo da solidão mortal

Viva e aprenda com nossas mentes
Encontre o caminho para fora da loucura
Você sonha com paraíso
Quem te levará até lá?”

Durante esse ano eu conheci o meu pior e vi o quão fundo e perigoso podem ser os buracos e sair não é fácil. Sei que existem pessoas, tal qual a minha família para me dar o suporte que preciso. Mas sabe o sentimento de que tu errou com as pessoas certas? Pois então, a culpa e o remorso de ter feito pessoas que se ama chorar, o sentimento de impotência em impedir aquelas lágrimas de escorrerem por aqueles delicados e desiludidos olhos.

Eu me perdi.

“Refrescante brisa num dia de verão
Ouvindo ecos de seu coração
Aprendendo a recompor as palavras
Deixo o tempo voar

Alegres gaivotas às margens
Não há nota que soe
Ergo minha cabeça após enxugar meu rosto
Deixo o tempo voar

Chamando, recuando
Retornando, recordando
Uma conversa fiada da qual sente falta
Mais sagaz porém mais velho

Um líder, um aprendiz
Um leal iniciante
Um locatário de insensatez
Tão lúcido numa selva
Um ajudante, um pecador
Um sorriso agonizante de espantalho

Oh! Minutos giram e giram
Em minha cabeça
Oh! Meu peito explodirá
Caindo em pedaços
A chuva chega ao solo – Sangue!

Um minuto para sempre
Um pecador se arrependendo
Termina minha vulgar desgraça

(E eu) Vou pelos ventos de um dia novo em folha
Alto aonde as montanhas alcançam
Reencontrei minha esperança e orgulho
Renascimento de um homem”

Mas não perdi aquele que sou comigo e dentro de mim, não perdi a capacidade de reconhecer os meus erros e ver que o buraco pode ser grande e que há pessoas torcendo para que eu saia de lá. Errei, conheço os meus defeitos. Mas sei que isso é uma fase, cujo o “chefão” está muito difícil de se enfrentar e as munições, fontes de mana, meus pontos de magia estão baixos e o “auto-save” não me permite recomeçar a fase, logo eu tenho que descobrir outras formas de passar por este monstro usando os poucos, porém necessários recursos que tenho.

Meu conceito de felicidade mudou, antes a reclusão e os poucos contatos me faziam bem, os livros, os filmes e os videogames eram meus melhores amigos, hoje me angustia a falta de conversar com as pessoas. No final, o que é felicidade? Amigos? Alguém do seu lado? Dinheiro? Ser bem sucedido? Alcançar seus objetivos? Felicidade é um conceito tão relativo. Comer sushi me gera um prazer e uma felicidade indescritível. Experimentar pela primeira vez o sabor do açaí com granola com boas companhias seja felicidade, desviar a rota de uma viagem para se estar perto de quem se gosta. Ser feliz é estar de bom humor? Ser feliz é ouvir uma música que você gosta? Ser feliz é dar um sorriso? Esses momentos me dão a sensação de paz, tranquilidade, e isso deve ser a felicidade. Até que um pedaço importante disso tudo mexe com você e desmorona seu castelo. E sem mais nem menos, você se sente infeliz. “Mas num existem tantas coisas importantes na tua vida? Como ‘apenas’ uma conseguiu derrubar essa felicidade?”, poderiam perguntar. Isso são as más escolhas. Elas pegam você de guarda baixa. Te derrubam. Te jogam no chão. Rocky Balboa diria: “A vida vai bater em você e te deixar de joelhos”. Por mais forte que você seja, você vai se sentir mal. Você vai se sentir sozinho. E você sabe que não está sozinho, mas a sensação de vazio é gigantesca.

“Mente simplória
Pois agora você sucumbe
Nada muda o seu caminho
Esse mundo insiste em ser o mesmo
Com base nos nossos erros
As flores desaparecem ao longo da estrada
Não feche os olhos
Pois então a solidão se torna a lei
de uma vida sem-sentido

Siga os seus passos e você descobrirá
Os caminhos desconhecidos estão na sua cabeça
Não precisa de mais nada além de seu orgulho
para chegar lá… Vá!

Agora temos que enfrentar um novo dia
Você não estará sozinho
Essa vida nos força a ficar
Por quanto tempo?
Frio é o vento e o soar do trovão
numa noite de tempestade
Mas você não vê, estou ao seu lado
Estamos marchando em frente!

Siga os seus passos e você descobrirá
Os caminhos desconhecidos estão na sua cabeça
Não precisa de mais nada além de seu orgulho
para chegar lá
Então, siga em frente
A vida tem um sentido
Que algum dia poderemos descobrir
Siga em frente, é hora de esquecer
Os restos do passado para seguir em frente

Siga os seus passos e você descobrirá
Os caminhos desconhecidos estão na sua cabeça
Não precisa de mais nada além de seu orgulho
para chegar lá

Então, siga em frente
A vida tem um sentido
Que algum dia poderemos descobrir
Siga em frente, é hora de esquecer
Os restos do passado

Então, siga em frente
A vida tem um sentido
Que algum dia poderemos descobrir
Siga em frente, é hora de esquecer
Os restos do passado para seguir em frente

Siga em frente, é hora de esquecer
Os restos do passado para seguir em frente
Os restos do passado para seguir em frente
Os restos do passado”

“Felicidade é fazer algo que você não quer que acabe”.

Existe felicidade? Ou colecionamos momentos felizes? Quando não estamos bem, queremos que os dias passem rápido. “O tempo cura tudo”, e como diria Demian Rice, “Time, always time, on my mind, pass me by, I’ll be fine, just give me time…” Temos que evoluir, buscar em nós quem realmente somos, estou cansado de ser a vitima da minha história, está mais que na hora de eu começar a ser o herói dela. Por isso eu tenho o direito de ser egoísta pelo menos de vez em quando e querer estar bem. Aliás, não gosto nem de usar essa palavra “egoísmo”. Mas não devo mais ser um 8 ou um 80, existe o 40. Não existe uma redenção tardia, o agora é sempre a hora.

“Mistura dos sonhos líquidos sob você
A chama vermelha do inferno, pesadelos insanos
Estão voltando para dentro
Pacientemente você anda novamente
Pelo caminho da dor de um homem triste
Ímpetos internos, fortes crenças
É o caminho para a terra da liberdade

Uivando forte
Gritando alto
O medo deveria ser jogado agora!

Acordado de um sono eterno
Você está tremendo
Numa escuridão mortal
Com olhos cheios de dor
Desilusão voltou para dentro

Chore por mais
Para estar certo
E encontrar sua própria real verdade

Deixe seu coração sair, ponha sua alma nele!
Hora de voar alto e deixar sua mente vagar livre

Não negando o que esta vida deveria dar
Dos erros você aprenderá a perdoar

Lance fora seu coração! Enterre sua alma nele
Hora de voar alto e deixar sua mente vagar livre

Não negando o que esta vida deveria dar
Construindo sonhos da sua esperança é a chave
Sinta a verdade do seu coração para sentir alívio
Dos seus sonhos você aprenderá como viver!”

Cansei de ser um híbrido, um ser menor, sem características, posso não ter feito o meu melhor, mas fazer a coisa certa, independente de que isso me traga coisas boas ou ruins é tomar as rédeas da minha vida e fazer nascer uma nova era para sempre poder achar tempos melhores.